Conheça os bairros mais caros para se morar no Rio de Janeiro

Leblon e Ipanema estão no topo da lista dos metros quadrados mais valorizados da cidade. Lagoa e Gávea também são caros para morar e valem uma visita.

A capital do estado do Rio de Janeiro é famosa no mundo todo por suas belezas, tanto que ficou conhecida como “cidade maravilhosa”. No entanto, viver nos bairros que têm vistas de cartão-postal pode custar caro. Eles estão entre os lugares com maior custo de vida do país.

Um levantamento feito pelo Centro de Investigación en Finanzas mostrou que a cidade é uma das cinco mais caras para se viver em toda a América Latina, ficando na frente de São Paulo, que ocupa o segundo lugar. Os bairros mais caros ficam na Zona Sul,onde também estão as praias mais famosas da cidade.

Ao se hospedar em um dos vários hotéis em Ipanema, o turista pode até pensar que gostaria de viver lá, mas isso até ver o preço de um imóvel no famoso bairro da Zona Sul, que tem um dos metros quadrados mais caros da cidade. Só perde para o Leblon, o mais caro de todos. 

Conteúdo

Leblon, o mais caro do Brasil

Segundo o índice FipeZAP, que se baseia nos anúncios publicados em sua imobiliária para calcular a média de preços, o metro quadrado no Leblon pode chegar a mais de R$ 21 mil. Ou seja, um apartamento de 100 metros quadrados, com vista para o mar, pode custar mais de R$ 2 milhões.

O bairro mais caro do Rio é o queridinho dos artistas, que podem ser vistos com frequência caminhando no calçadão. Além da vista, a infraestrutura do bairro é excelente. As ruas são arborizadas e há ótimos restaurantes, shoppings, bares e bistrôs. Isso sem falar nas opções de casas e apartamentos de luxo.

Além de visitar uma das praias mais famosas do Rio de Janeiro, os turistas devem programar uma visita ao Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos, que tem um mirante com uma das vistas mais incríveis da cidade.

Ipanema, para o dia e para a noite

Como já adiantamos, Ipanema é o segundo bairro mais caro do Brasil. É lá que fica a famosa Pedra do Arpoador, onde moradores e turistas se juntam aos finais de tarde para apreciar o pôr do sol. Por lá, o metro quadrado custa, em média, R$ 19 mil reais.

A praia do bairro tem areias brancas, boa infraestrutura e é uma das melhores do Rio de Janeiro. O bairro é um dos mais badalados da capital carioca, com agitada vida noturna, bares e restaurantes. É ótimo morar perto de tudo isso e quem fizer uma visita ao bairro não pode deixar de passear por lá à noite.

Lagoa, muito verde e água

No bairro da Lagoa, o metro quadrado custa, em média, R$ 16,5 mil reais. A Lagoa Rodrigo de Freitas, além de ser uma bela paisagem, é ótima para a prática de esportes aquáticos, fato que atrai muita gente tanto para morar quanto para visitar a região. 

A região é bastante arborizada e cheia de parques, perfeitos para quem gosta de viver perto de muito verde. A infraestrutura de serviços é diversa e de qualidade e é também um dos melhores bairros para quem gosta de se locomover de bicicleta. Dependendo do lugar, também dá para ter uma bela vista do Cristo Redentor.

Gávea, tranquilidade e luxo

Localizado aos pés da famosa Pedra da Gávea e com preço médio de R$ 14 mil por metro quadrado, a Gávea é outro bairro onde se paga caro por um imóvel. O bairro é majoritariamente residencial, mas tem uma excelente infraestrutura de comércio e serviços para atender quem vive na região.

Outro atrativo da Gávea é ser um local tranquilo e seguro, com fácil acesso para os bairros vizinhos, mais badalados. Por lá, é possível encontrar muitas casas e apartamentos de alto padrão e também há boas opções de hospedagem para os turistas que preferem menos barulho à noite.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts