O que são fundos alavancados?

Entenda as características e saiba como investir em fundos alavancados 

Os investidores mais experientes e com perfil de tolerância às ameaças do mercado podem incluir em suas carteiras os investimentos de alto risco. Porém, antes de começar a aplicar, é fundamental entender as características, os riscos e as oportunidades desse tipo de produto.

Os fundos alavancados são um exemplo de investimento que apresenta grande potencial de ganho, mas que também têm um grau de risco aumentado, se comparado com outros ativos. 

Veja também:

Aprenda como fazer um planejamento de compras corporativas

 

Conteúdo

Fundos alavancados: entenda o que isso significa

O fundo alavancado pode ser definido como um tipo de fundo de investimento que utiliza o método de alavancagem de ativos para realização dos seus investimentos. 

A alavancagem, por sua vez, é conceituada como o processo no qual se toma uma quantia de dinheiro emprestada com devolução a curto prazo. Na prática, o fundo tem a possibilidade de multiplicar o valor dos aportes realizados, impulsionando os investimentos sem que haja necessidade de dispor de um capital inicial maior. 

É uma opção amplamente utilizada, mas que traz riscos e a administração desses riscos não é simples, já que demanda conhecimento de mercado e de previsibilidade econômica.

Por dentro dos fundos de investimento

Antes de entender como esses fundos alavancados se replicam na prática, vamos falar sobre o significado e as principais características de um fundo de investimento.

O fundo de investimento é um tipo de aplicação financeira que se caracteriza pela união de vários investidores que adquirem cotas de um determinado fundo, visando atingir um objetivo em comum. 

Se os resultados da aplicação forem alcançados, esses investidores recebem os frutos dos investimentos na proporção das suas cotas. As receitas e despesas do fundo são divididas a partir da quantidade de cotas de cada investidor.

Todo o processo que envolve a administração e gestão do fundo é realizado por gestores contratados que:

  • elaboram a estratégia de investimentos;
  • montam a carteira de ativos;
  • lidam com aspectos jurídicos e legais.

As carteiras que compõem o fundo variam de acordo com as características de cada um. Elas podem focar em ativos de renda fixa ou variável, por exemplo. 

Funcionamento: tudo sobre os fundos alavancados na prática

A alavancagem de investimentos de um fundo pode ser feita de diferentes maneiras. Entre as operações mais comuns estão: ações, bolsas de mercadorias e futuros, contratos de dólares e contratos de índice.

Como mencionamos no início deste artigo, a alavancagem permite realizar operações com valores acima do saldo disponível no momento. Dessa forma, o gestor tem a possibilidade de aumentar os ganhos sem a necessidade de alocação de mais capital de investimento.

O que se pode afirmar é que alavancagem é uma “aposta feita por profissionais experientes”. Se trouxer resultado, pode representar grandes lucros, caso contrário, pode trazer perdas significativas.

O resultado da estratégia vai depender basicamente da avaliação do investidor com relação às oportunidades disponíveis naquele momento e às escolhas mais inteligentes a serem realizadas.

Perfil do investidor: para quem esses investimentos são indicados

Como destacamos, a alavancagem é uma estratégia recomendada apenas para investidores que têm experiência no mercado e um grau de tolerância ao risco mais elevado. 

O conhecimento traz a possibilidade de analisar as situações de maneira analítica e extrair o melhor proveito de cada uma delas. Com pouco conhecimento, o grau de risco se torna muito mais alto. 

Investidores conservadores e moderados não têm o perfil adequado para os fundos alavancados. Essa modalidade é especialmente recomendada para investidores com perfil arrojado. 

Vantagens e desvantagens: o que você precisa saber antes de investir

Se analisarmos os riscos e as oportunidades, podemos dizer que aquilo que traz benefícios é também uma desvantagem. A alavancagem pode trazer um excelente retorno financeiro aos investidores, em contrapartida, ela traz consigo um grau acentuado de risco.

De uma forma geral, investimentos que têm um potencial de lucro maior também têm um potencial de risco significativo. A alavancagem está atrelada a uma série de variáveis e isso faz com que o resultado acabe sendo imprevisível.

Por isso, a dica para os investidores é que eles busquem conhecimento de mercado, trabalhem com riscos calculados e invistam na diversificação da sua carteira de investimentos.

Conhecendo o mercado e seu funcionamento e tendo plenas condições dos riscos e oportunidades, fica mais fácil fazer escolhas alinhadas com os seus objetivos. 

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts