Bitcoin em ascensão: o que está impulsionando a alta em 2024?

Um compilado de fatores fez o Bitcoin subir de preço agora em 2024. Mas qual será o principal fator que levou a isso?

O mercado de criptomoedas está passando por uma fase interessante, de altas e baixas e, ao mesmo tempo, de grandes oportunidades para os investidores. Nos últimos meses, o Bitcoin tem experimentado uma ascensão notável em seu valor, deixando investidores e entusiastas do setor de criptos ansiosos para entender o que está por trás desse movimento. 

Afinal, quem está nesse mercado sabe que analisar profundamente os fatores que estão impulsionando a alta do preço do Bitcoin e outras moedas irá revelar, em partes, qual o potencial de crescimento da moeda. E isso significa, em outros termos, grandes chances de lucros ou percentual de perdas.

Conteúdo

O crescimento do Bitcoin em 2024

Em primeiro lugar, é necessário salientar que o Bitcoin (BTC) encerrou o mês de fevereiro com o maior ganho mensal em três anos. A criptomoeda saiu de algo em torno de US$ 42 mil (R$ 212 mil) no final de janeiro para cerca de US$ 61 mil (cerca de R$ 305 mil) no último dia do mês passado, segundo registros do Coinmarketcap.

Esse interessante acontecimento, que encheu o bolso de milhares de investidores, chamou a atenção de todo o mundo e levantou questões sobre os motivos por trás dessa alta vertiginosa. Será que existe realmente algo por trás disso? Ou esse aumento é reflexo do halving que está para acontecer? A seguir, será possível saber mais.

A possível causa da valorização do BTC

Ao que tudo indica, o movimento ascendente do Bitcoin neste mês de março tem sido provocado pelo alto número de dinheiro que está sendo lançado em bolsa de valores e suas negociações. Acontece que o lançamento de negociações de fundos de BTC em bolsas nos EUA, que ocorreu no início do ano, deu o pontapé inicial para a valorização do ativo, que teve uma alta queda dois anos atrás.

Essa acessibilidade e legitimidade proporcionadas pelos fundos negociados em bolsa têm sido o catalisador para o aumento do interesse e investimento em Bitcoin.

Impacto nas outras criptos

A alta do Bitcoin também tem impulsionado outras criptomoedas. O Ethereum, por exemplo, saiu de R$ 11.370,00 no final de janeiro para alcançar o valor de R$ 16.640,00, um avanço de 46,4%. Esse fenômeno demonstra a conexão e interdependência entre diferentes ativos digitais no mercado de criptomoedas, no qual o desempenho de um pode influenciar diretamente o resultado do outro (ou outras).

Adoção institucional

Além do aumento do interesse de investidores individuais, a adoção institucional do Bitcoin também tem contribuído para a sua valorização. Grandes empresas e instituições financeiras estão começando a reconhecer o valor do Bitcoin como uma reserva de valor e um ativo de investimento legítimo. 

Isso significa que empresas importantes estão adicionando o Bitcoin aos seus balanços patrimoniais, enquanto outras instituições de pagamentos começaram a oferecer suporte ao Bitcoin em suas plataformas.

Perspectivas futuras

À medida que o Bitcoin continua a ganhar valor e aceitação, é provável que sua ascensão continue. No entanto, é importante sempre ter os pés no chão, pois o mercado de criptomoedas é altamente volátil e sujeito a mudanças rápidas e imprevisíveis. 

Aos investidores de plantão, preparar-se para lidar com a volatilidade e realizar uma pesquisa cuidadosa antes de tomar decisões de investimento, vai ser o fator que ditará o sucesso no mercado de criptomoedas. Diante disso, é possível dizer que toda a alta do Bitcoin é impulsionada por uma combinação de fatores, incluindo o fluxo de dinheiro para fundos negociados em bolsa, adoção institucional, avanços tecnológicos e mudanças regulatórias. 

No entanto, é extremamente importante que os investidores permaneçam vigilantes e preparados para enfrentar as altas e baixas do mercado de criptomoedas, para, assim, evitarem perdas e aumentarem seus lucros.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts