Quais os modelos de carro mais econômicos?

Opções 0 km e seminovos estão entre as melhores quando o assunto é consumo de combustível.

Quem usa o carro diariamente sabe que, no cenário atual, uma das principais características que o automóvel precisa ter é ser econômico. Não é por menos que a procura por Onix seminovo e outros modelos que apresentam bons números de rendimento na cidade e na estrada cresceu nos últimos meses.

Assim, para não errar na escolha e sair ganhando a longo prazo, é preciso saber quais são os carros mais econômicos — não apenas no combustível, mas também na manutenção. A lista abaixo apresenta algumas das opções mais atrativas do mercado para quem procura essa característica.

Chevrolet Onix Plus seminovo

Quem optar levar para casa um modelo seminovo do carro da Chevrolet pode ter certeza que terá na garagem uma opção econômica. Essa versão do Onix tem câmbio manual de 6 marchas e motor 1.0 de 82 cv que, ao ser abastecido com gasolina, rende 14,3 km/L na cidade e tem um excelente desempenho na estrada, com 17,7 km/L, se comparado com automóveis híbridos.

Agora, se o tanque for abastecido com etanol, o modelo ainda apresenta ótimos números: são 10,1 km/L em vias urbanas e 12,5 km/L na estrada. A economia ainda pode ser percebida na manutenção, com as revisões até 60 mil km custando cerca de R$ 3.124,00.

Volkswagen Voyage 1.0

O modelo da fabricante alemã também é uma das referências em economia de combustível no mercado. O Voyage tem um motor 1.0 de 84 cv. Diferentemente do Onix, o seu câmbio manual é de 5 marchas. O rendimento dele com gasolina é excelente, sendo de 13,4 km/L no perímetro urbano e de 15,6 km/L ao rodar na estrada.

Quando é abastecido com etanol, esses números são de 8,9 km/L e 10,6 km/L, respectivamente. Isso faz com que ele tenha uma avaliação “A” no selo Conpet de eficiência energética.

Hyundai HB20S 1.0 

A fabricante sul-coreana também tem um representante entre os carros mais econômicos do país. O HB20S conta com um motor 1.0 turbo de 120 cv e câmbio manual. 

Com gasolina, é capaz de rodar 13,6 km/L na cidade e ótimos 16 km/L na estrada. Ao ser abastecido com etanol, esse rendimento é de 9,8 km/L e 11,6 km/L, respectivamente. Todos esses dados o tornam uma das opções mais interessantes para quem deseja ter um sedã econômico na garagem.

Fiat Mobi seminovo

A versão Drive do carro da Fiat, que é equipada com um motor 1.0 Firefly, já não é mais fabricada no Brasil. Mas quem encontrar essa versão seminova para comprar fará um bom negócio, sobretudo devido à economia de combustível. O Mobi, na média, tem um consumo de 13,5 km/L na cidade e 15,2 km/L na estrada.

O rendimento ao ser abastecido com etanol é de 9,2 km/L em vias urbanas e 10,2 km/L nas estradas. A manutenção dele também não pesa no bolso: a soma dos gastos das seis primeiras revisões, até 60 mil km, não passa de R$ 4.200,00 — sendo que a primeira custa R$ 250,00.

Renault Sandero

A fabricante francesa costuma ter opções bem interessantes para quem visa economia no combustível. Por exemplo, o Renault Sandero tem um rendimento de 14,2 km/L na cidade e 14,1 km/L na estrada (com gasolina) e de 9,5 km/L e 9,6 km/L, respectivamente, ao ter etanol no tanque.

A manutenção das seis primeiras revisões, até 60 mil km, não ultrapassa os R$ 3.105,80, sendo mais um modelo interessante para ser escolhido.

Se gostou desse conteúdo compartilhe com pessoas que podem gostar dessas dicas. Continue acompanhando o 4You Finanças para mais dicas sobre gestão financeira.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts