Gasolina alta: saiba como economizar dinheiro no dia a dia

É o momento de pensar em outras formas de se locomover pela cidade. Veja dicas para economizar e, ao mesmo tempo, ser mais sustentável

O preço dos combustíveis subiu bastante nos últimos meses, o que preocupa, cada vez mais, quem precisa, rotineiramente, de carro ou de moto. Dependendo do orçamento ou da distância, alguns trajetos estão se tornando até mesmo inviáveis, obrigando muita gente a repensar seus deslocamentos.

Se você se desespera diante de cada notícia de aumento, calma, está lendo o texto certo. O momento é de crise, mas também pode ser uma oportunidade de adotar hábitos mais sustentáveis, como começar a ir de bicicleta ao trabalho ou, pelo menos, caminhar quando as distâncias não forem tão longas.

Os preços dos aplicativos de transporte também estão nas alturas, justamente por conta dos combustíveis. Portanto, quem utilizava essa opção com frequência também deve estar pensando em diminuir esse uso.

Essas mudanças são necessárias não só para aliviar o bolso, mas também para fazer a sua parte a fim de ajudar a conter o avanço das mudanças climáticas cujos efeitos já estão aí para nos lembrar da urgência de dependermos menos de combustíveis fósseis. A seguir, veja algumas dicas que você deveria considerar.

Diminua seus deslocamentos

Essa é uma das dicas mais óbvias e que se tornou ainda mais possível graças à popularização do home office durante a pandemia. Provavelmente, aquele seu chefe que não aprovava o modelo está bem menos resistente agora, e esse é o momento de negociar, no mínimo, um regime em formato híbrido.

Isso não quer dizer que você precise continuar fazendo tudo de casa, mas ir ao trabalho somente algumas vezes na semana sai mais barato do que fazer isso todos os dias e você ainda ganha o tempo que gastava no trânsito. Veja as dicas abaixo para os dias em que você preferir ou precisar se deslocar.

Use o transporte coletivo

A maioria das grandes cidades brasileiras tem investido em melhorar seus sistemas de transporte coletivo urbano e intermunicipal, o que quer dizer que se deslocar de ônibus, trem, de bonde ou de metrô pode ser uma boa opção, especialmente se você consegue fugir dos horários de pico.

Se você não tem o hábito de utilizar o transporte coletivo, informe-se sobre as linhas e sobre os horários na sua cidade e faça o teste. Além de mais barato, é muito mais sustentável, e você ainda pode aproveitar esse tempo para ler, para escrever, para ouvir música, para assistir a um episódio da sua série favorita ou para pensar na vida.

Pedale ou caminhe 

Fazer alguns deslocamentos caminhando ou de bicicleta, além de mais econômicos e ecologicamente corretos, ainda é uma forma de se exercitar e de cuidar da sua saúde. Isso sem falar que, em alguns casos, pode ser até mesmo mais rápido, especialmente se as distâncias são curtas ou se a sua cidade tem ciclovias.

As bicicletas compartilhadas são ótimas opções, pois, além de você não precisar ter um veículo próprio, ainda pode deixá-las em estações em várias partes da cidade, completando o percurso ou voltando de outra forma, caminhando ou pegando um ônibus, por exemplo. Nunca experimentou? Baixe o aplicativo.

Combine caronas

Se as alternativas acima não forem viáveis ou práticas, também existe uma forma simples de economizar e de ser mais sustentável utilizando o carro: a carona. Dá para combinar com os colegas de trabalho ou de curso para ir cada dia no veículo de uma pessoa, parando em pontos em comum para embarque e para desembarque.

A carona é válida ainda para quem mora na mesma casa ou no mesmo condomínio, mas se desloca cada um em seu veículo. Vá junto! Mesmo que precise dar uma pequena volta, será um carro a menos na rua, provavelmente mais barato e, ainda, um momento de convivência que pode se tornar muito agradável.

Se gostou desse conteúdo compartilhe com pessoas que podem gostar dessas dicas. Continue acompanhando o 4You Finanças para mais dicas sobre gestão financeira.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts