Como funciona o investimento em ações? 

Você provavelmente conhece o termo “ações” ou mesmo tem algum conhecido que é interessado e inserido no mercado financeiro de ações. Mas, você entende de fato como funciona o investimento em ações? Como é feito o processo de iniciação como investidor, quais os engajamentos necessários, os riscos e as vantagens exclusivas do investimento em ações?

Com uma leitura rápida é possível tirar todas as dúvidas e quem sabe, torna-se um investidor em ações, se aprofundando nesse mercado. Para mais informações, acesse os demais conteúdos sobre investir em criptomoedas, como se tornar um investidor, valor de cotação da shiba inu coin, entre outros conteúdos. 

Conteúdo

O que é e como funciona o investimento em ações? 

Basicamente, as ações são partes divididas ou separadas de uma empresa, como sendo “pedaços” que são disponibilizados para negociações, visando trazer um benefício, um resultado para ambas as partes. A aplicação dessas partes pode variar de acordo com a estratégia realizada, com a negociação feita pelas partes e pelo tipo de ação que foi disponibilizado.

Ou seja, investir em ações é aplicar determinado valor em uma parte de uma empresa, em uma ação ou em um projeto para ao fim ter parte nos lucros, independente do resultado, ter o direito de receber pelo investimento. 

A forma mais comum de investir é aplicar um valor x, esperar a aplicação render seus resultados e receber pelo que foi gerado, focando sempre em estratégias para que o valor aplicado seja valorizado, que renda lucros. Outro detalhe importante referente às ações, é a Bolsa de Valores.

A Bolsa de Valores por sua vez trata-se do ambiente atualmente digital no qual são realizados todos os processos de negociações, aplicações, cadastro do investidor, cadastro da conta do investidor, entre outros. Visando sempre a segurança, garantia e proteção dos dados. 

Com o cadastro e conta realizados na Bolsa de Valores e aplicação escolhida, é necessário entender como funciona o processo de negociação. Antes de entender sobre a negociação em si, é importante saber algumas das regras existentes: um padrão de horários.

Para maior organização, planejamento e controle, existem horários já estabelecidos para cada processo da negociação, sendo:

  • 9:45 – 10:00 a pré-abertura,
  • 10:00 – 17:00 negociações,
  • 16:55 – 17:00 call/reunião de fechamento
  • 17:30 – 18:00 aftermarket.

Todos os envolvidos devem respeitar e comparecer nos horários indicados para cada processo, sempre sendo sujeito a mudanças, caso necessário. Com as informações básicas, chegou o momento de definir de fato o investimento.

Atualmente é possível começar com valores mínimos, sem correr muitos riscos (apesar das ações possuírem instabilidade). O valor investido vai depender da quantidade de ações compradas, pois cada “pedaço” é vendido separadamente por um valor x.

É indicado pesquisar e ficar ciente das movimentações, taxa de corretagem e valor de cotação para entender as negociações e suas previsões de resultado. Se você é iniciante, comece com pouco, pesquise bem, diversifique nas aplicações (empresas), foque em investimentos com menos riscos de início, para crescer de forma segura. 

Veja também:

O que são fundos alavancados

Quais os principais tipos de ações para investir no mercado? 

A Bolsa de Valores atua também com organizações e processos do mercado financeiro, indo além de somente ações. O envolvimento da Bolsa começa a partir do momento que uma empresa, organização ou pessoa física decide abrir “espaço” para negociações de seu capital em ações, em investimentos de terceiros. Alguns dos principais tipos de ações disponibilizadas no mercado financeiro são:

Ações ordinárias (ON)

Esse tipo de ação fornece além do rendimento das ações, alguns direitos enquanto parte da posse do capital, fornecendo espaço para opinar com direito à voto em assembleias, proteção dos acionistas minoritários (tag along), entre outros direitos. É importante lembrar que o “grau de direito” é fornecido de acordo com o valor do investimento feito.

Ações preferenciais (PN)

As ações preferenciais oferecem preferência no pagamento de proventos, no reembolso do capital aplicado, entre outros.

Large caps

Conhecido também como “blue caps” (referência às fichas azuis do pôquer), são ações fornecidas por empresas consolidadas e influentes no setor, fornecendo negociações mais resilientes, fixas e sem muitos riscos à oscilações e variações no rendimento. 

Units

A aplicação em Units fornece ao investidor um conjunto de diversas ações da mesma empresa, que variam entre suas classificações e características.

Criptomoedas

Investir em criptomoedas pode ser um dos melhores caminhos. Com uma infinidade de moedas e opções estratégicas, basta escolher e começar a investir. 

As criptomoedas são uma forma de aumentar seu capital, mas lembre-se de abordar o assunto com racionalidade e frieza. As emoções podem ser más conselheiras, e o desconhecimento das regras fundamentais pode trazer mais problemas do que benefícios. 

É necessário ter qualificações para se tornar um investidor de ações? 

Qualquer pessoa pode tornar-se um investidor em ações, basta ter a iniciativa de começar. O que será necessário de fato é focar em entender, conhecer e absorver todas as informações sobre esse setor, visando não somente ser um investidor, mas um investidor com um portfólio de resultados benéficos, de destaque e conquistas superiores.

Para atingir o patamar de ser considerado um investidor de sucesso, com resultados de sucesso, é importante estar ciente em assumir compromissos, riscos e ter paciência em conquistar a experiência; baseando sempre em estudos, pesquisa, análise de mercado e planejamento financeiro.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts