Como saber se o valor do meu IPVA está correto?

Conheça os fatores que influenciam diretamente no valor final do imposto sobre veículos e saiba se você está isento da taxa

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um tributo cobrado anualmente pelo Governo do Estado ou do Distrito Federal onde o veículo esteja registrado. O valor do IPVA é calculado com base no valor venal do automóvel, ou seja, o preço médio de mercado para aquele modelo e ano de fabricação. 

No entanto, o cálculo do IPVA não é uma tarefa fácil. Além do valor venal, que para conhecê-lo é necessário realizar uma consulta Tabela Fipe, é preciso considerar outros fatores, como alíquota, desconto e parcelamento. 

Neste artigo, vamos explicar como é calculado o IPVA tendo por base os principais fatores que influenciam no valor final da taxa. Você saberá também se está enquadrado nos veículos isentos do imposto. Assim, você poderá averiguar se os valores cobrados estão corretos.

Conteúdo

Fatores que influenciam diretamente no valor do IPVA

Quando se trata de IPVA, é importante ter em mente alguns fatores para garantir o cálculo correto. Aqui estão quatro fatores que podem influenciar diretamente o valor do seu IPVA.

Em primeiro lugar, deve ser considerado o ano do seu veículo. Quanto mais novo for o seu carro, mais você pagará de IPVA. O segundo ponto que deve ser considerado, como já foi dito acima, é o estado onde você reside. Cada estado tem suas próprias taxas de IPVA tal como possíveis descontos, então é importante verificar com o seu departamento de veículos estadual qual é a taxa aplicável ao seu automóvel.

O terceiro fator é o tipo de veículo que você conduz. Se você conduzir um carro a gasolina, por exemplo, você terá que pagar mais IPVA do que se conduzisse um carro elétrico. Por fim, o quarto fator é o seu histórico de condução. Se você tiver um histórico de condução limpa, ou seja, sem multas, você poderá obter um desconto no seu IPVA.

Com base nesses fatores, você pode começar a calcular o valor do seu IPVA. Se você ainda tiver dúvidas, o melhor a fazer é entrar em contato com o departamento estadual que rege o setor de veículos para obter mais informações.

Veículos isentos 

Quem tem um veículo sabe o quanto o IPVA pode pesar no bolso. Mas você sabia que é possível conseguir isenção do pagamento deste imposto? Pois então, a isenção do IPVA é um benefício concedido pelo Governo a determinados contribuintes.

Para ter direito à isenção do IPVA, é preciso atender a alguns critérios, como ter um veículo adaptado para o transporte de pessoas com deficiência ou ter um veículo com placa de identificação de veículo de coleção, por exemplo.

No entanto, é importante ressaltar que a isenção do IPVA não é automática. É preciso fazer um pedido formal junto ao órgão competente, apresentando os documentos necessários.

Assim, se você quer saber como conseguir isenção de IPVA, basta seguir as orientações abaixo. Aqui, vamos mostrar quais são os critérios para obter a isenção e como fazer o pedido.

Critérios para obter a isenção de IPVA

Como já falamos, a isenção do IPVA é um benefício concedido pelo Governo a determinados contribuintes. Sendo assim, para ter direito à isenção, é preciso atender aos seguintes critérios:

  • Ter um veículo adaptado para o transporte de pessoas com deficiência;
  • Possuir um carro com placa de identificação de automóvel de coleção;
  • Ser proprietário de um automotor que seja destinado ao transporte escolar;
  • Possuir um automóvel com placa de identificação de veículo de transporte de produtor rural;
  • Ter um veículo com placa de identificação de automóvel para transporte de carga.
  • Ser proprietário de um automóvel com mais de 20 anos de uso.

Como fazer a solicitação de isenção de IPVA

Como a isenção do IPVA não é automática (exceto para veículos com mais de 20 anos), é preciso fazer um pedido formal junto ao órgão competente, apresentando os documentos necessários.

O primeiro passo é entrar em contato com a Secretaria da Fazenda do seu estado e verificar qual é o procedimento para solicitar a isenção do imposto. Em geral, este processo é feito via internet.

Após isso, você deve se dirigir a um posto de atendimento da Secretaria da Fazenda com os seguintes documentos:

  •  Requerimento preenchido;
  • Cópia do certificado de registro do veículo;
  • Cópia da nota fiscal de compra do veículo;
  • Cópia do laudo técnico comprobatório da condição de deficiência, no caso de veículos adaptados para portadores de deficiência.

Com todos os documentos em mãos, basta seguir as orientações da Secretaria da Fazenda e aguardar o processamento do seu pedido. Em geral, o prazo para a concessão da isenção é de 60 dias.

Compartilhe este conteúdo

Similar Posts